Apampesp participa de encontro com deputado Carlos Giannazi em Borborema

Professores aposentados e da ativa se reuniram na tarde da última sexta-feira, dia 15 de julho, no Centro de Evangelização, em Borborema, para um encontro com o deputado estadual Carlos Giannazi. O evento contou com a participação das Regionais de Ribeirão Preto – incluindo a diretora regional Daisy Apparecida Tiraboschi – e de Araraquara – representada pela diretora Cândida de Almeida Gonçalves, e de associados das cidades de Itápolis, São Simão e Borborema.

O principal tema do debate foi o PDL 22/20, com destaque para informações mais recentes sobre a tramitação do projeto. O deputado Giannazi traduziu, em números, a injustiça cometida pelo Governo do Estado com os aposentados. Se o confisco previdenciário fosse suspenso hoje, o impacto nas contas do Estado seria de R$ 2 bilhões. Apesar da quantia expressiva, o valor é pequeno diante dos R$ 60 bilhões de isenção fiscal concedidos pelo Governo a empresas privadas de forma secreta. Vale ainda ressaltar que a previsão orçamentária do Estado para 2023 é de R$ 300 bilhões.

A professora Daisy Tiraboschi enalteceu a luta desempenhada pela Apampesp contra o confisco, o trabalho de pressão junto aos parlamentares, bem como as quase 400 moções de apoio já conquistadas pela Entidade nas Câmaras Municipais de todo o Estado. Ela ainda reforçou a necessidade de se ampliar o número de professores aposentados engajados na batalha pela aprovação do PDL 22/20.

O deputado Carlos Giannazi chamou a atenção para a “nova carreira” (LC 1374) e como ela impacta os aposentados do Estado, a necessidade de fortalecimento do Iamspe, a carreira das educadoras infantis e o abono Fundeb.

2 Comentários para “Apampesp participa de encontro com deputado Carlos Giannazi em Borborema”

  1. Vai uma disputa muito complicada, uma vez que esse governador é da mesma linha do ex governados Doria.
    A insnsibilidade é igual nos dois.
    O atual governador está fazendo uma politica forte em todos os municípios, com nosso dinheiro, é claro.
    Essa politica é em forma de doações de material e equipamentos..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.