Artigo: Ao manter confisco previdenciário de aposentados, reajuste de 10% vira demagogia eleitoreira, por Walneide Romano

Os servidores públicos aposentados do Estado de São Paulo e, em especial, os professores aposentados, há quase dois anos vivem momentos dramáticos. Depois de terem trabalhado por mais de trinta, quarenta e, alguns, até cinquenta anos, desde outubro de 2020 aposentados e pensionistas estão sendo violentados pelo governo paulista ao terem seus proventos confiscados.

Alegando um déficit atuarial até agora não comprovado publicamente, o então Governador e agora pré-candidato a Presidência da República João Doria impôs descontos que variam de 12 a 16% para os que recebem acima de 1 salário mínimo (atualmente R$ 1.212). Essa ação inconstitucional vem amparada pela última Reforma da Previdência Estadual, aprovada pelos deputados estaduais.

A Apampesp, acompanhada das demais Entidades representativas dos Servidores Públicos, vem atuando nas mais diversas frentes, nos âmbitos legislativo e jurídico, a fim de revogar o Decreto nº. 65.021/2020, que instituiu o desconto previdenciário. Prova desta luta é o trabalho incessante pela aprovação do PDL22/20, de autoria do deputado Carlos Giannazi que, se aprovado, sustará os efeitos do Decreto 65.021, pondo fim ao confisco previdenciário.

Enquanto os nossos proventos forem saqueados mensalmente, o tal reajuste de 10% funciona mais como peça de marketing do que traz efeitos práticos se os descontos na aposentadoria são sempre maiores, chegando a atingir 16%.

Como sabemos que o Governador não faz essas maldades sozinho, em breve, divulgaremos um boletim com nome e foto de cada deputado estadual cúmplice deste atentado à dignidade dos professores aposentados e dos pensionistas. Muitos desses deputados são candidatos à reeleição e, com certeza, irão pedir o SEU VOTO. Chega de enganação! Nossa resposta será dada nas urnas!

22 Comentários para “Artigo: Ao manter confisco previdenciário de aposentados, reajuste de 10% vira demagogia eleitoreira, por Walneide Romano”

  1. Concordo plenamente! Jogada sujo que nem sequer ao menos repõe o desconto realizado! Tomara que consigamos reverter essa situação!

  2. O abono de reajuste do piso salarial, retroativo desde janeiro de 2022, Decreto nº 66.623/2022, de 01de abril de 2022, artigo 4° , inciso II, não foi pago, conforme prometido. A folha suplementar a ser creditada em 22/04,pela SPPREV, corresponde somente ao reajuste de “10%”.
    E agora??? Mais um descaso absurdo com os aposentados?

  3. Precisamos nos vacinar contra os discursos que agradam os ouvidos e o coração, mas que se concretizam em leis que ferem nossa dignidade e modo de vida.

  4. Estou indignada! Desconto tem alíquota maior que o ” aumento” propagado de míseros 10 pôr cento! E o aumento do salário base? Era retroativo desde Janeiro? Precisamos ir nos meios de comunicação e declarar o que esse governador fez com os Professores e a Educação no Estado de SP! Eleição aí! Colegas prestem atenção! Não de seu voto p esses que são contra Nós!

  5. Já estou doente em depressão profunda e descrente com os governantes principalmente com os do Estado de São Paulo, faz e desfaz com os professores principalmente com os aposentados parece não existir lei para com os erros dos governantes. E cade a lei dos dos idosos?

  6. Os 10% que disse é uma mentira também porque ainda vai pagar até o final do mês e o que está projetado é uma miséria. Não dá 10% não.
    Que
    coisa vergonhosa, que afronta a todos nós !!!!! É de chorar!!!!
    Até quando isso?

  7. Sou aposentado há 10 anos como diretor de escola após 40 anos no magistério público. Não me lembro de um desgoverno, principalmente federal, mas também estadual, no que se refere à educação. Que lástima!

    1. O federal não ,deu aumento aos professores de 38%para os governadores pagarem e eles fingem não saber da Lei…

    2. Trabalhei 43 anos lecionando em escolas estaduais da região de Araraquara e pude acompanhar a crescente decadência do ensino, principalmente neste governo, ou desgoverno. Não existe justiça ? Podem assaltar assim os aposentados ? Dória tem que nos restituir esses descontos , todos.

  8. UMa vergonha !!! Político sem caráter faz o q foi feito. E temos muitos. Saber votar será nossa ação.

  9. Claro e certo wue mrus colegas disseram.Não dá pra viver assim. É realmente um desrespeito aos aposentados e no caso aos idosos. Que temos problemas de saúde e msis gastos.O salário não dá. E como a gente fica.? Porque essa perseguição a nós, que já ganhamos tão pouco e fizemos muito para o Estado .Isso significa pura maldade. Não entendo o Por Que Disso! Que hoverno é esse? E deputados nossos representantes? Precisamos logo dessa mudança. Meu Deus tende piedade de Nós!!!

  10. Sou aposentada há 27anos e cada vez mais sou prejudicada pelo descaso desse governo de São Paulo.Estou indignada com essa situação. Sem pagamento dos precatórios , sem aumento e com o confisco!Professores vamos a luta para inverter essa falta de respeito com nossa classe que tanto fizemos pela educação no país!

  11. Olá , amigos aposentados ! Quem não cuida da educação não consegue ocupar mais nenhum cargo político … Os dois , Doria e Bolsonaro , apresentam rejeição recorde… Vamos fazer uma lista bem completa de deputados que enchem o bolso , mas que não se reelegerão jamais com votos de professores , como estes de SP… Fora, ,Doria e Fora, Bozo !

  12. Espero que seja divulgado, nomes desses respectivos deputados que foram conivente com o então governador João Dória .

  13. Não consigo entender esses míseros 10% dados como esmola para nós professores.Qdo peguei meu holerite foi mais uma decepção.Como pode fazer tanto desconto sobre os 10% que acabei recebendo 28,60.É vergonhoso.Com que m vou reclamar????

  14. Fomos enganados novamente. Tem gente que recebeu 30,00 reais de aumento relativo a três meses. Que vergonha e que absurdo. Estamos totalmente perdidos!!!

  15. Trabalhei 43 anos lecionando em escolas estaduais da região de Araraquara e pude acompanhar a crescente decadência do ensino, principalmente neste governo, ou desgoverno. Não existe justiça ? Podem assaltar assim os aposentados ? Dória tem que nos restituir esses descontos , todos.

  16. A EDUCAÇÃO BRASILEIRA, PAULISTA, inclusive e que eram ótimas, começam a despencar após a “Revolução” de 1964. Os Professores que antes tinham salários razoáveis e condições excelente de trabalho, passaram a ser desvalorizados. Os sucessivos desgovernos, com exceção de Montoro e principalmente os do PSDB arrasaram as vidas dos Professores e a Escola Pública Paulista. O pior de todos foi o de dória: modificações para prejudicar e nunca melhorar NADA na lei da Previdência, diminuição dos valores das ações judiciais, o judiciário paulista lento como jamais foi, “lock downs” prejudicando a economia, “confisco” de salários de funcionários aposentados que já pagaram a vida inteira, contrariando toda e qualquer Legislação Anterior a respeito, enfim, TUDO PIOROU!!! Walneide: seu artigo é muito bom! Consiga um espaço na TV para expor esta situação do Professor Aposentado, com por exemplo no Datena e na TV Jovem Pan! Agora é o momento!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.