SPPrev atualiza faixas de contribuição previdenciária para 2021. Confira os detalhes

A São Paulo Previdência publicou a Portaria nº 29/2021, em que atualiza as faixas de contribuição previdenciária dos aposentados e pensionistas civis em razão da elevação do salário mínimo, que era R$ 1.045 e passou a ser de R$ 1.100, do teto do RGPS, que passou de R$ 6.101,06 para R$ 6.433,57, e da UFESP, que era R$ 27,61 e passou para R$ 29,09.

Com a edição do Decreto nº 65.021/2020 e do Comunicado SPPREV, publicado no Diário Oficial de 20 de junho de 2020, em 18 de setembro de 2020, a contribuição dos aposentados e pensionistas passou a ser calculada a partir do valor do salário mínimo nacional (atualmente correspondente a R$ 1.100).

Está sendo aplicada alíquota progressiva incidente de acordo com a faixa de benefício, na razão percentual demonstrada pela tabela abaixo:

O Departamento de Tecnologia da Apampesp elaborou uma calculadora para simplificar esta tarefa. Clique AQUI para acessar a ferramenta. Basta digitar o valor bruto do seu benefício e clicar em CALCULAR. Confira abaixo exemplos de como está sendo realizado o cálculo da contribuição previdenciária a partir da atualização das faixas de contribuição.

Fonte: Comunicação Apampesp com informações da SPPrev

18 Comentários para “SPPrev atualiza faixas de contribuição previdenciária para 2021. Confira os detalhes”

  1. O funcionalismo público e os aposentados não tiveram reajuste de salários. Como é possível reajustar descontos p/ mais? O quê os nossos representantes estão fazendo que permitem esse abuso? O quê pode ser feito p/ eliminar esse roubo de nossos proventos?

  2. Quanto ao ato informativo da Apampesp, sobre 13o.salário e o novo e brutal desconto imposto pelo desgovernador João Nóia (ops!) DÓRIA! Só tenho a agradecer pela competência e lisura das informações. Agora, sobre a dita cuja ‘hiena” só tem um problema. Ao gargalhar sobre “a carniça” que dividiu com os mestres aposentados. Faça muito bom proveito dela!! Use e se lambuze, cabra safado!!

  3. Eu não estou conseguindo saber o meu salário porque não consigo entrar na SPPREV devido ter esquecido a minha senha.Entao tb não entro no demonstrativo de pagamento. Liguei várias vezes , mas não consegui atendimento, talvez por causa da pandemia. Vou tentar ligar novamente e espero ter uma senha para ver meu salário atual.

  4. Nosso salário não tem data base para aumento, não somos regidos pelo salário mínimo, não entendi nada????????????????

  5. verifiquei pela Calculadora, Sprev vem cobrando erradamente os 14 % pra Contribuição Previdênciaria__ essa injustiça que nos presenteou o Governador Doria! Anterior em holerit a cobrança teve oscilações.Sendo que Dez foi 264,66 __ 13°66,11 e pelo que calculei deve ser 254,63!?
    Como pode ser esse “erro “? e além deste absurdo cometido aos Aposentados p/ Invalidez como eu sou ___ onde vamos chegar? Se continuar a cobrança acima do que vem sendo descontado uma vez que alterou o valor do salário mínimo? !
    Que tenhamos urgência nesta situação caótica que nos coloca este Governo!

  6. E um absurdo. Como pode ja contribuímos para aposentar e isto né imposto e contribuição. Devemos mover ação para excluir esta cobrança

  7. É um roubo isso que o governo está fazendo. Deixando os aposentados mais pobres que já são enquanto ele enriquece. Já fizeram uma Auditoria justa e honesta no Spprev para saber a verdade? Duvido. Ele está pegando dinheiro para fazer um caixa 2 para ser eleito Presidente.
    Mas não será se Deus assim permitir. Um desumano.

  8. Vamos ficar a mercê desse injusto STF ? Até quando ? Não há outra saída para o funcionalismo ?

  9. Todos falam ,reclamam,mas ainda não vi nada de concreto ser feito para corrigir esse absurdo.Estamos sendo roubados por esse governador que não tem sentimento e muito menos,respeito pelos seus funcionários ,e quem se importa?Onde estão as nossas entidades que deveriam nos proteger desse louco ?Façam alguma coisa para cessar essa sangria.Não dá para aguentar mais.

Deixe uma resposta para Celio Gonçalves Barbosa Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *