SPPREV suspende temporariamente obrigatoriedade do recadastramento em razão do Coronavírus

Com o objetivo de prezar pela segurança e saúde dos beneficiários e tendo em vista a disseminação do COVID-2019 (Coronavírus), a São Paulo Previdência decidiu suspender a obrigatoriedade da realização de recadastramento por 60 dias, contados a partir da data de publicação da Portaria (último dia 13 de março).

Após este período, caso não haja nova publicação nesse sentido, o procedimento volta a ser obrigatório para que os aposentados e pensionistas estejam com a situação regularizada junto à autarquia e continuem a receber seus benefícios.

Comentários para “SPPREV suspende temporariamente obrigatoriedade do recadastramento em razão do Coronavírus”

  1. Decisão acertada.
    Meu aniversário é em maio. Isso significa que poderei fazer a prova de vida em junho, não é mesmo?
    Caso a crise não passe, ficarei no aguardo de novas informações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *