Em reunião com deputado Ed Thomas, Entidades do Magistério defendem Iamspe e pedem retirada do PL 529/2020

As professoras Walneide Romano (presidente da Apampesp), Marinez Vian Bisacchi (diretora regional de Presidente Prudente), a conselheira Cícera Braga, a professora Maria Ozélia (representando o CPP) e a supervisora Helena Lima (conselheira da Apase em Presidente Prudente) foram recebidas na tarde desta segunda-feira, dia 24 de agosto, pelo deputado estadual e pré-candidado a prefeito Ed Thomas, em seu escritório político, em Presidente Prudente.

As Entidades representativas do Magistério Público do Estado solicitaram o encontro para pedir ao parlamentar que vote pela retirada do pauta do PL 529/2020, de autoria do Governador João Doria. O projeto aumenta a contribuição dos servidores para o Iamspe e extingue 10 importantes autarquias e fundações.

O deputado Ed Thomas integra o PDO – Parlamentares em Defesa do Orçamento. São 10 deputados que já se posicionam contrariamente ao projeto. Segundo eles, somando-se aos votos das bancadas do PT e do PSOL, são quase 25 votos contrários ao texto. O Governo precisa de pelo menos 48 votos para aprovar o projeto e já foram apresentadas mais de 600 emendas. As Entidades reforçaram o pedido pela retirada do projeto da pauta em sua totalidade.

O parlamentar disse que seu compromisso “é com o povo que o elegeu e não com o Governador” e garantiu que “não irá votar contra 5 mil servidores públicos do Estado de São Paulo” (se referindo ao número de servidores públicos afetados em caso de extinção dos órgãos e autarquias). Hoje, dia 25 de agosto, deputados estaduais vão deliberar se a votação do PL 529/2020 será realizada de forma presencial ou virtualmente. Representantes dos servidores das instituições que poderão ser extintas pelo PL também estarão presentes na Assembleia Legislativa.

6 Comentários para “Em reunião com deputado Ed Thomas, Entidades do Magistério defendem Iamspe e pedem retirada do PL 529/2020”

  1. Quero que consigam nos ajudar porque somos maltratados como funcionários inativos.Hoje, somos inativos.;mas, fomos ativos, tenho orgulho do meu trabalho, porque formei homens e mulheres para a sociedade dentro dos bons princípios. Sou grata por ter tido está profissão. Trabalhava e era muito feliz.Cumpri o meu dever.Fiz um juramento em minha formatura e cumpri por inteiro.

  2. Gosto muito de Márcio França e confio no trabalho dele. Queria Ele como governador…Aguardamos assim a posição de deputados defendendo a Educação…

  3. Cada dia mais se desvaloriza os professores aposentados. Estamos muito tristes com as decisões de Deputados e Senadores que se esqueceram que passaram por escolas e só estão onde estão por conta de professores que os ensinaram a ler e escrever.

  4. Parabéns presidente pelo seu trabalho, por estar sempre atenta as causas dos aposentados e pensionistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *