Diretoria da Apampesp se reúne com prefeito de Presidente Prudente

As professoras Walneide Romano, presidente da Apampesp, Marinez Vian Bisacchi, diretora regional de Presidente Prudente, Naíde Braga, supervisora aposentada de ensino e associada, e Cícera Braga, conselheira, participaram na manhã desta quarta-feira, dia 12 de agosto, de uma reunião com prefeito de Presidente Prudente, Nelson Bugalho. O encontro também contou com a presença da Secretária de Educação do município, Sônia Pelegrini.

O principal objetivo da reunião foi buscar apoio do chefe do Executivo municipal em torno da inclusão do professor aposentado no novo Fundeb. O texto está em tramitação no Senado Federal como PEC 26/2020, com votação prevista o dia 20 de agosto.

A professora Walneide Romano chamou a atenção para o estado de abandono em que muitos professores aposentados se encontram neste momento e relatou que, para muitos, falta o básico para sobreviver. Além da questão de justiça social, a presidente da Apampesp também salientou que, com o professor aposentado fora do Fundeb, prefeitos e governadores vão ter dificuldades para honrar compromissos obrigatórios e terão de retirar recursos de outros setores da administração pública para arcar com os pagamentos dos aposentados.

O prefeito Nelson Bugalho disse que já existe um acordo entre os líderes dos partidos no Senado para que o texto seja aprovado na íntegra, sem alterações. Ele ainda sugeriu o lançamento de um manifesto dos professores aposentados dirigido aos governadores de todo o Brasil e, assim, com os Estados envolvidos no debate, a questão possa ser resolvida na etapa da regulamentação do texto.

A Apampesp destaca que todos os participantes da reunião adotaram todos os protocolos de segurança, incluindo o uso de máscaras e o distanciamento.

4 Comentários para “Diretoria da Apampesp se reúne com prefeito de Presidente Prudente”

  1. Parabéns a APAMPESP pela iniciativa e pelo trabalho q vem desenvolvendo mediante a situação q os professores aposentados vem enfrentando! Na luta q no dia a dia temos q buscar parcerias e a nossas autoridades precisam estar conscientes para fazer valer nossos direitos como cidadãos q tanto fizeram para a educação desse país.

  2. Já chega o que o Doria está fazendo conosco. Agora só falta o Fundeb ñ nos incluir.Chega de tanto sofrimento. Ângela Merkel deveria servir de exemplo aos governantes do Brasil. É vergonhoso o que fazem com a educação

  3. Até quando os políticos vão deixar no abandono os professores aposentados. Justamente nesta fase da vida que poderíamos usufruir pelo trabalho prestado de tantas décadas. Precisam colocar a mão na consciência, não podemos ficar da forma como estamos. O desrespeito não é só com os aposentados de agora, mas, também aos que caminham para aposentadoria. Obrigada APAMPESP pela luta de vocês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *