Apampesp em transformação, por Maria Bernadete Ramos

Iniciamos 2020, celebrando um Ano Novo cheios de esperança, novos projetos, confraternizações, inauguração da segunda etapa da Sede Recreativa da Apampesp, em Itanhaém e tantas outras ações e sonhos a realizar.

Também iniciamos o ano dando continuidade à nossa luta pela manutenção dos professores aposentados no Novo FUNDEB. A PEC 15/15 está deixando os professores aposentados fora dela, sem apresentar uma proposta clara e concreta que garanta nossos vencimentos sem perdas.

Porém, fomos surpeendidos com o coronavírus (Covid-19), que deixou o mundo parado, enclausurado, sem poder estar com pessoas que amamos, sem reunir com nossos associados, principalmente na nossa Sede Regional de Lins, onde tínhamos o compromisso de estarmos juntos todo mês para confraternizar, trocar experiências, informações sobre as ações políticas de interesse comum que a Apampesp realiza, com objetivo de manter uma entidade forte e destemida.

Apampesp, somos todos nós aposentados, por essa razão, não devemos e nem podemos parar de nos comunicar! Continuamos mesmo que, à distância, trabalhando, lutando, acompanhando todos os acontecimentos em todas as instâncias parlamentares (estadual e federal), por meio das lives ou outros meios de comunicação, pois nossos direitos foram adquiridos às custas de muito trabalho e dedicação. Não podemos deixar que interesses políticos nos deixem de fora.

Precisamos ficar em casa sim, para preservar a nossa vida e as de quem amamos, mas não fiquemos alheios aos nossos interesses, busquem informações, leiam bons livros, façam atividades que deem prazer, pois só assim teremos força, mente sã e disposição para retornar à vida que tanto amamos.

Professora Maria Bernadete Ramos
1ª Secretária do Conselho Deliberativo
Apampesp de Lins

2 Comentários para “Apampesp em transformação, por Maria Bernadete Ramos”

  1. Boa tarde, colegas aposentadas,
    Precisamos sim mantermos unidas para que a força e luta de todos professores aposentados , depois de décadas de dedicação exclusiva, esforços que muitos professores fizeram realizando este trabalho tão importante pra toda sociedade não venha nos desmerecer ,deixando o professor aposentado de fora do Fundeb, será uma injustiça muito grande se isso vier acontecer, pois fazemos parte de todo o quadro de professores mesmo sendo aposentados.

  2. Isso mesmo, Professora, não podemos nos deixar levar por teatros, de ver através de cortinas de fumaça. Nossos direitos estão em perigo, devemos estar vigilantes.
    A luta contra a COVID19 será longa, temos que nos manter fortes, mesmo enclausurados e separados pela distância, mas não pelo coração e mente.
    Temos poderosos meios de comunicação, vamos fazer bom uso deles. Um abraço e obrigada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *