Apampesp prestigia Balé da Cidade em espetáculo no Theatro Municipal

Biblioteca, livros, diálogos ao vivo, romances, muito difícil de se ver isso no mundo virtual e atual! Por isso, professoras da Apampesp foram no dia 8 de fevereiro ao Theatro Municipal de São Paulo. Nesse dia, foi apresentada pelo Balé da Cidade de São Paulo o bailado de “A biblioteca de Babel”, com ideia e conceito de Ismael Ivo e Marcel Kaskeline, e coreografia de Ismael Ivo.

“Um documento de nossas vidas e existências […] uma instalação coreográfica chamada ‘A biblioteca de Babel’, na qual deparamos com um arquivo humano. Um andaime conceitual de corpos. Corpos que são arquivados nas prateleiras como um livro. O corpo do homem se torna o livro em sua própria exclusividade, mas o livro individual precisa ser aberto para que se descubra seu conteúdo […] nesse processo a conclusão é a de que cada corpo-livro, à parte de ser original em si mesmo, não basta a si mesmo. Ele é apenas um volume solitário dentro da grande enciclopédia humana”, afirma Ismael Ivo, diretor artístico do Balé da Cidade de São Paulo.

Nessa apresentação, refletimos e construímos o respeito à diversidade humana, muitas vezes embutidos em nossos quadrados de vidro como a televisão, o celular, o iPod… Muitas vezes, o diálogo entre amigos é somente pelo WhatsApp, sem calor humano, cremos que estamos falando de modo real com alguém, mas nos afastamos de nossas essências…

Por Diva Lea Batista da Silva, presidente do Conselho Deliberativo da Apampesp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *